quarta-feira, maio 17, 2006

21- VIAGEM LONGA

Minha tia era uma solteirona simpática e ousada. Resolveu visitar uns parentes em João Pessoa, Paraíba, e levou dois sobrinhos adolescentes consigo. Eu era um deles. A viagem, em plena década de 60, foi feita de ônibus, em 52 horas de viagem ininterrupta! Graças a Deus, sem maiores percalços. Na volta, em certo trecho do sertão baiano, não havia muitos recursos à beira da estrada e, com isso, viajamos por horas, sem parar. Após algum tempo, a hora do almoço foi passando, e a fome chegou. Num certo momento, um nordestino bem típico, gritou do fundo do ônibus: “Ô seo motorista! Num vamo pará pra cumê? As bicha já tão preguntano pras guela: num desce nada daí não?” Depois de um segundo de surpresa, o ônibus veio abaixo em gargalhadas.

3 comentários:

Anônimo disse...

This site is one of the best I have ever seen, wish I had one like this.
»

Anônimo disse...

Hallo I absolutely adore your site. You have beautiful graphics I have ever seen.
»

Anônimo disse...

I find some information here.